Espanhol > Espanhol na Espanha > A cidade de Madri

A capital de Espanha, situada no coração da península e justo no centro da planície castelhana a 646 metros sobre o nível do mar, tem uma população de uns três milhões de habitantes. Uma cidade cosmopolita, centro de negócios, quartel general da administração, governo, parlamento e a residência da Família Real Espanhola, Madri joga um papel principal tanto nos setores financeiros como industrial. A maioria das suas indústrias se sitúam na faixa sul da cidade, onde se agrupam importantes fábricas da indústria têxtil, metalúrgica e alimentícia. Madri se caracteriza por uma intensa atividade cultural e artística e uma intensa vida noturna.

Torres Kio
Torres Kio

A grande metrópole de Madri remonta suas orígens na época do Emir Mohamed I (852 - 886), que ordenou a construção de um forte na margem esquerda do rio Manzanares. Mais tarde se converteu em objeto de disputa entre os cristãos e os árabes até que foi conquistada por Alfonso VI no século XI. Ao final do século XVII, foi construída uma muralha defensiva para a proteção das áreas adjacentes seguindo os caminhos de Segóvia, Toledo e Valência. Ao largo do século XVIII, sob o reinado de Carlos III, foram desenhadas as grandes artérias da cidade, como o Paseo del Prado e o Paseo de las Acacias.

Ao começo do século XIX, José Bonaparte empreendeu a reforma da Puerta del Sol e limítrofes. A rua comercial conhecida como Gran Vía foi construída como uma avenida Leste-Oeste ao começo do século XX. Na década de 1950 o bulevar norte-sul chamado Paseo de la Castellana foi ampliado, e se alçaram edifícios modernos, alojando as principais instituições financeiras. Lembranças de um passado distante são as estruturas barrocas e neoclássicas dos séculos XVII y XVIII principalmente, como a Plaza Mayor, o Palacio Real e outros que descreveremos a seguir, na guía da cidade.

Plaza Mayor
Plaza Mayor
Puerta de Alcalá
Puerta de Alcalá
Festas e Celebrações

Na segunda metade de Maio, Madri celebra as festas em honra de São Isidro. As celebrações são acompanhadas do folclore típico madrilenho, que inclui a Feira e danças que organizam na pradeira de São Isidro, onde a gente de Madri canta, dança e se diverte perto do santuário do santo padroeiro. Ao mesmo tempo, há espetáculos de ballet e ópera, e as tradicionais touradas no Coso de las Ventas.